Diretoria Clínica e Técnica

A Fundação > Diretoria Clínica e Técnica

Serviço de cirurgia
Chefe do departamento: Dr. Péricles Oliveira

 

 

Médicos atuantes:

    • Dr. Carlos Leite
    • Dr João Simões
    • Dr Marcelo Rique
    • Dr. Zailton Júnior
Chefe do departamento: Dr. Ademar Benevolo

 

 

Médicos atuantes:

  • Dr. Ademar Benevolo
  • Dr. André Silveira
  • Dr. Francisco Cristiano
  • Dr. Joni Marcos
  • Drª. Lorena
  • Dr. Marcos Machi
  • Dr. Ricardo Vieira
Chefe do departamento: Dr. Ademar Benevolo
Chefe do departamento: Drª Tayane

 

Chefe do departamento: Dr. Péricles Oliveira
Chefe do departamento:  Dr. Augusto César

 

 

Médicos atuantes:

  • Dr. Kleber Castro
Chefe do departamento: Drª Lakymê Mangueira

 

 

Médicos atuantes:

  • Drª Juliana Gadelha
  • Drª Lucia Araújo
  • Drª Mariana Cartaxo
Chefe do departamento: Dr. Carlos Marcelo

 

 

Médicos atuantes:

  • Dr. Zailton Bezerra
Chefe do departamento: Dr. Fernando Carvalho
Serviço de clínica médica
Chefe do departamento: Dr. Napoleon

 

Médicos atuantes:

  • Dr. Luis Pedro
  • Dr. Mario Cartaxo
Chefe do departamento:
Chefe do departamento: Dr. Napoleon
Chefe do departamento:

 

Chefe do departamento:
Chefe do departamento: Drª Flávia Pimenta

 

Médicos atuantes:

  • Drª Angelina Cartaxo
  • Drª Eloísa
  • Dr. Lafayett
Chefe do departamento:
Chefe do departamento:

 

Chefe do departamento:
Chefe do departamento: Dr. João Alberto
Serviço auxiliar de diagnóstico e tratamento
Chefe do departamento: Drº Alexandre Rolim
Chefe do departamento:  Drª Socorro Ramalho
Chefe do departamento: Drº Ozias Arruda Neto
Chefe do departamento: Drº Francisco Sales Pinto

 

Chefe do departamento:
Chefe do departamento:
Chefe do departamento: Drº Herbet Monteiro Cardoso 
Chefe do departamento: Drº Saulo Ataíde
Serviço de arquivo médico e estatístico

Chefe do departamento: Drª Vanda Benigna

  1. Coordenar, guardar e conservar os prontuários dos pacientes registrados, zelando pela sua clareza, exatidão e preenchimento de todos os dados necessários à elucidação diagnóstica, à avaliação do tratamento instituído e dos resultados correspondentes.
  2. Classificar doenças, operações, causas de morte, bem como outros elementos julgados necessários e de interesse para o corpo clínico.
  3. Colaborar com o corpo clínico, no sentido de lhe ser facilitado o seu aprimoramento, a pesquisa e o ensino.
  4. Controlar e analisar a estatística do movimento de doentes e dos diagnósticos instituídos.

O SERVIÇO DE ARQUIVO MÉDICO E ESTATÍSTICO (SAME) SE CONSTITUI DE:

  • Seção de registro geral, que compreende: (setor de informações) e (setor de internações)
  • Seção de arquivo médico, que compreende: (setor de arquivo) e (setor de estatística)
  • Setor de registro hospitalar de câncer.
Serviço e engenharia clínica

Chefe do departamento: Drº Luciano Albuquerque

  1. Planejar e controlar a gestão da manutenção de equipamentos médico-hospitalares;
  2. Prestar serviços de avaliação das especificações e desempenho dos equipamentos, tanto na etapa de seleção para a sua aquisição, quanto em sua recepção, instalação e operação.
  3. Analisar os problemas de instrumentação;
  4. Planejar e desenvolver programas de capacitação de técnicos da área e de usuários dos equipamentos.

O serviço de engenharia clínica, dirigido por engenheiro especializado indicado pelo diretor geral, tem a finalidade de proceder a manutenção e reparo dos equipamentos clínicos e,  quando solicitado pelo diretor geral, deverá dar apoio técnico a outros assuntos relacionados à engenharia e arquitetura.

Serviço de prontuário médico

O serviço de prontuário médico, chefiada por um médico escolhido pelo diretor clinico e técnico e nomeado pelo diretor geral, é composto de:

  1. Um médico
  2. Um técnico de arquivo
  3. Um técnico administrativo

O serviço de prontuário médico tem por finalidade:

  • Controlar o movimento de pacientes internados no hospital, investigando as causas da longa permanência e sugerindo a sua correção;
  • Controlar o movimento ambulatorial dos pacientes registrados;
  • Controlar a eficiência dos prontuários, para facilitar o trabalho do SAME;
  • Estudar e aprovar os impressos novos, propostos pelos diferentes chefes de serviços, visando a sua padronização;
  • Ordenar a organização dos diversos impressos contidos nos prontuários;
  • Observar as anotações exigidas pelos convênios.
Serviço de urgência

O serviço de urgência, supervisionado pelo diretor clínico e técnico que será o responsável pela elaboração da escala mensal dos médicos plantonistas e contará com a colaboração da diretoria assistencial para a escalação dos demais servidores que nele trabalhem.

  • O serviço de urgência funcionará durante 24 horas de todos os dias da semana.
  • O serviço de urgência atenderá exclusivamente aos pacientes registrados no Hospital Napoleão Laureano.
Serviço de UTI

Chefe do departamento: Drº João Alberto

O serviço de unidade de tratamento intensivo (UTI) é um serviço especializado em fornecer aos pacientes internados no hospital assistência médica permanente, através da reunião de pessoal capacitado e de aparelhagem adequada.

  • O serviço de UTI é subordinado à diretoria clínica e técnica, sendo da competência do seu diretor a indicação do responsável pela coordenação da terapia intensiva e a nomeação será feita pelo diretor geral do hospital.
  • O chefe do serviço de UTI deverá ser um médico especialista em terapia intensiva.
  • A equipe de enfermagem será dirigida por um enfermeiro indicado pelo chefe da divisão assistencial por designação do diretor geral do hospital.

O serviço da UTI tem como objetivos estar sempre preparado para fornecer a qualquer momento a medicação prescrita e colocar em funcionamento a aparelhagem especializada nele existente, além de estar capacitado a fornecer ao paciente e aos funcionários que nele trabalham condições de conforto, assepsia e bom padrão técnico.

Serviço de policlínica
Serviço de transplante de órgão e tecidos