O Hospital

Quem somos > O Hospital

Na foto histórica, o Deputado Janduhy Carneiro assina o livro de inauguração do Hospital Napoleão Laureano. A sua esquerda o jornalista Pompeu de Souza e o Ministro da Saúde, Estácio Souto Maior e à direita, o médico Antonio Carneiro Arnaud.

O Hospital Laureano 55 anos

 

No dia 24 de fevereiro de 1962, a Fundação Laureano, através do seu Diretor Presidente, Deputado Federal Janduhy Carneiro, entregou à Paraíba e aos paraibanos o Hospital que, merecidamente, recebeu o nome do seu idealizador, o inesquecível médico Napoleão Laureano.

A Diretoria da Fundação Laureano, por ocasião do ato inaugural, era constituída pelo médico Janduhy Carneiro, Diretor Presidente; Mário Kroeff, Diretor Executivo; Ruy Carneiro, Diretor Tesoureiro e Jorge de Marsillac, Diretor Secretário. Estes, desde as primeiras horas, conduziram a bandeira hasteada por Napoleão Laureano até a vitória final, quando da inauguração do hospital. Assumiu o cargo de primeiro diretor o jovem médico Antonio Carneiro Arnaud.

Ao ato solene compareceram, além dos componentes da Fundação, o Ministro da Saúde, Estácio Souto Maior; o Governador do Estado, Pedro Gondim; o Diretor do Serviço Nacional de Câncer, Antônio Prudente; d. Marcina Laureano, viúva de Napoleão Laureano e a filha Maria do Socorro; o jornalista Pompeu de Souza; d. Heloísa Marsillac, esposa do Dr. Jorge de Marsillac, uma significativa delegação de médicos do Instituto Nacional de Câncer (Rio), médicos paraibanos, prefeitos, deputados, vereadores e grande número de pessoas da cidade de João Pessoa e de outras cidades paraibanas e nordestinas.

No início, o Hospital Napoleão Laureano tinha 50 leitos, Bloco Cirúrgico com 3 salas de cirurgia, Laboratório de Análises Clínicas (Dr. João Moacir Pires de Araújo), Laboratório de Anatomia Patológica (Dr. Ely Chaves), Serviço de Radiologia (Dr. Azuir Lessa da Silva), Serviço de Radioterapia (Dr. Aldson Gomes Cavalcanti), Serviço de Ginecologia e Mama (Drs. Ivanildo Tomé de Arruda e Pedro Honorato Pereira), Serviço de Cabeça e Pescoço (Dr. Antônio Carneiro Arnaud) com a Secção de Odontologia (Dr. Severino Rodrigues dos Santos), Banco de Sangue (Dra. Luzia Di Lorenzo Marsicano dos Santos) e Serviço de Anestesiologia (Drs. Ferdinando Paraguai e João da Silva).

Foi o primeiro hospital do Estado da Paraíba a ter o seu Serviço Social (Assistente Social Maria Auxiliadora Lima) e o Serviço de Enfermagem, chefiado por enfermeira de Curso Superior (Enf. Ismênia Menezes de Souza)

A equipe era ainda pequena, mas todos os seus membros foram preparados para exercer bem as atividades. Com o passar dos anos o hospital foi ampliado no corpo clínico, na edificação e nos equipamentos.

Na ocasião em que se comemoram os 55 anos de existência do Hospital Napoleão Laureano (1962 – 2017) não se devem esquecer aqueles que, com dedicação e zelo, deram muito de seu trabalho para a arrancada inicial das atividades. É justo fazer referência a diversos nomes, alguns com muita saudade, por já terem deixado o nosso convívio. Registre-se Cândido da Nóbrega Ferreira, Administrador; José da Rocha Siqueira, Encarregado do Setor de Compras; Petrônio Cavalcanti de Vasconcelos, Contador; Jader Lessa Feitosa, Almoxarife, Oscar Machado, eletricista, Aluino Ribeiro dos Santos, Tesoureiro e Natércia Suassuna Dutra, Setor de Pessoal.

Vivemos, desde o início até hoje, momentos de alegria e também de tristeza. Conseguimos inúmeras vitórias, ultrapassando obstáculos de todos os tamanhos. Os êxitos foram conseguidos com muita dedicação e amor. Graças a Deus, nessa longa caminhada, o Hospital Napoleão Laureano jamais fechou suas portas nem mesmo diminuiu suas atividades. Pelo contrário, sempre cresceu, cada vez mais se aperfeiçoou, consolidando seu prestígio junto à classe médica, aos poderes constituídos, à sociedade paraibana e aos que fazem a imprensa.

Com muito trabalho e profissionalismo, galgamos posições invejáveis e, muito nos alegra ser hoje uma referência no tratamento do câncer na Paraíba. É evidente que durante todo esse tempo o Laureano se reciclou, acompanhou o avanço tecnológico na medicina e construiu o seu maior patrimônio – sua equipe médica e paramédica. O mérito de sermos reconhecidos como um hospital referência em Oncologia não é de uma pessoa apenas, mas dessa equipe coesa que se fortalece no devotamento de cada um.

O Dr. José Américo de Almeida, Governador do Estado da Paraíba, com sua visão do futuro, fez doação do terreno onde está edificado o Hospital Napoleão Laureano, que ocupa hoje, quase a totalidade da imensa área. Mantido pela Fundação Laureano de Combate ao Câncer, o Hospital vem crescendo a cada ano e se preparando para o futuro. Além de se aperfeiçoar em sua nobre e árdua missão de tratar os pacientes com câncer, vem sendo um excelente centro de ensinamento aos médicos e aos profissionais da área da saúde. Tem colaborado, inclusive, com a Universidade Federal da Paraíba e outros estabelecimentos de ensino superior da Paraíba.

Acreditamos que Napoleão Laureano jamais tenha imaginado que seu gesto de bondade e desprendimento pudesse resultar em tantos proveitos para a luta contra o câncer no País. Almejava um centro de combate ao câncer em João Pessoa e chegou a expressar o seu desejo em ver construídas duas enfermarias (uma para homens e outra para mulheres) no então Hospital São Cristóvão (depois denominado de Newton Lacerda) onde trabalhou ao lado do diretor e seu colega amigo Dr. Newton Nobre de Lacerda.

O professor José Asdrúbal Marsiglia de Oliveira, em certa ocasião se pronunciou, dando um abalizado depoimento, ao declarar: “O atendimento ao paciente de câncer na Paraíba tem duas fases bem distintas, uma antes e outra depois da inauguração do Hospital Napoleão Laureano. Na primeira, o canceroso ficava debaixo das mangueiras na Praça Caldas Brandão, em frente ao Hospital Santa Isabel e na segunda, o canceroso passou a ser recebido, examinado e tratado com zelo e carinho no Hospital que Napoleão Laureano tanto desejou edificar.”

Os que fazem o Hospital Napoleão Laureano seguiram os ensinamentos do seu idealizador, Dr. Napoleão Laureano: solidariedade, dedicação e impessoalidade no tratamento dos portadores de câncer. Após 55 anos de sua inauguração continuamos com humildade e boa vontade, servindo à comunidade paraibana.

 

Diretoria

Diretor Geral - Maria Tereza Lira Batista Gama

Vice Diretor - Ozias Arruda de Assis Neto

Formado em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba em 1982 com especialização em Radiologia Geral.

É membro titular do Colégio Brasileiro de Radiologia e Sociedade de Radiologia da Paraíba.

Possui título de Especialista em Radiologia e Diagsnótico por Imagem conferido pela Associação Médica Brasileira e Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem.

É sócio administrador da clínica Radiológica Dr. Azuil Arruda Ltda em João Pessoa-PB e do CEMOAN – Centro Médico Dr. Ozias Arruda Neto Ltda – Unidades Sousa e Pombal-PB.

Atualmente é Vice Diretor do Hospital Napoleão Laureano e Chefe do Setor de Diagnóstico por Imagem do mesmo.

Diretor Técnico e Clinico - Fernando Antonio de Carvalho

Diretor Técnico e Clinico, filho de José Lucas de Carvalho e Olindina Gomes de Carvalho, formado em medicina pela UFPB no ano de 1973, com especialização em cirurgia cardiotorácico.

–  Pós graduação em cirurgia cardiotorácico no Hospital Adventista Silvestre.

– Chefe do Serviço  Torácico do Hospital Napoleão Laureano.

– Professor Adjunto IV da Universidade Federal da Paraíba, lecionando na disciplina cardiotorácico.

– Ex-Professor de Anatomia da Escola de Enfermagem Santa Emilia de Rodat.

CARGOS EXCERCIDOS 

– Chefe do Serviço de Cirurgia Torácico do Hospital Universitário Lauro Wanderley.

– Chefe da disciplina de Cirurgia cardiotorácico da Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Paraíba ( 2ª Clinica Cirurgica ).

– Presidente da Sociedade Paraíba de Pneumologia.

– Presidente da 1ª e 2ª Jornada Paraibana de Pneumologia.

– Presidente do 4º Congresso Norte/Nordeste de Pneumologia e Cirurgia torácica.

– Diretor Científico da Associação Médica da Paraíba.

– Membro do Conselho Regional de Medicina.

– Fundador da Sociedade Paraíba de Cardiologia.

– Médico concursado do Ministério da Saúde.

 

– Colaborador do livro Pneumologia Atualização e Reciclagem.

– Colaborador do livro Súmulas Notáveis em Pneumologia,   Tesiologia e Cardiopneumologia.

Diretor Administrativo - Marcelo de Oliveira Araujo

 

Filho de Genaide Bezerra de Araújo e Maria das Dôres de Oliveira Araújo, nasceu em Brasília , DF, em 06 de Outubro de 1971, casado, formado em Administração de Empresas e Adm. Hospitalar, período de 2004 pelo IESP/PB. (Instituto de Ensino Superior), Pós-Graduado em Gestão e Tecnologia em Serviços de Saúde/IESP, período de 2005/2007.

De 1994 a 1997 exerceu a função de assessor administrativo do HRAN – Hospital Regional da Asa Norte em Brasilia/DF; De 2002 a 2004 exerceu a função de Coordenador adjunto da Gerência Executiva de Regulação e Avaliação da Assistência – Gerav/Sec. de Estado da Saúde/PB;

De 2005 a 2007 exerceu a função de Diretor Administrativo do Hospital Municipal do Valentina Figueiredo na cidade de João Pessoa/PB;

De 2007 a /2010 exerceu a função de Diretor Administrativo do Hospital Municipal Santa Isabel na cidade de João Pessoa;

De 2011/2012 Exerceu a função de Administrador do Hospital de Emergência e Trauma Sen. Humberto Lucena na cidade de João Pessoa ;

Atualmente, exerce a função de Diretor Administrativo do Hospital Napoleão Laureano desde 01 de novembro de 2013.

Diretora Técnica Assistencial - Christianne Abath Borges

 

Diretor Financeiro - Severino Celestino da Silva Filho