Concerto beneficene em prol do Hospital Napeolão Laureano

Concerto beneficene em prol do Hospital Napeolão Laureano

O Concerto da Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa é um evento do Tribunal de Contas da Paraíba e contará com a presença ilustre do pianista francês Pascal Gallet. O músico é considerado um dos melhores pianistas contemporâneos do mundo, se destacando no meio por suas diversas vitórias em competições internacionais. Além de ter sua carreira solo reconhecida internacionalmente, é atualmente o diretor artístico e um dos fundadores do Festival em Montesson, na França. Apesar de entrada gratuita, o TCE-PB disponibilizará 100 ingressos para o Hospital Napoleão Laureano para que sejam revertidos em seu favor mediante contribuição voluntária, como forma de ajudar o hospital, que é referência no tratamento do câncer na Paraíba. O concerto acontecerá no próximo dia 12 de setembro, às 18h, no Centro Cultural Ariano Suassuna, localizado no Tribunal de Contas do...
Hospital Laureano tem melhor desempenho na Rede Sentinela

Hospital Laureano tem melhor desempenho na Rede Sentinela

O Hospital Napoleão Laureano passou da categoria “C” para a “A”, na avaliação da Rede Sentinela, que adota procedimentos de prevenção de riscos associados ao consumo de produtos sujeitos ao controle da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Funciona como observatório nos serviços para o gerenciamento de riscos à saúde, e atua em conjunto com o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS). O hospital integra à rede desde 2008. A nova classificação concedida mostra que o hospital, um dos mais conceituados em tratamento oncológico do Nordeste, adotou práticas mais completas e eficazes nas informações enviadas à Gerência de Monitoramento de Produtos Sujeitos à Vigilância Sanitária, em Brasília. “O trabalho da Rede Sentinela é fundamental para que possamos estimular a melhoria dos serviços prestados no hospital, preservando a segurança dos pacientes”, afirma Patrícia Maria Simões, gerente de Risco do Hospital Laureano. A prática de notificações dos chamados “eventos adversos” (quando um produto farmacêutico é prejudicial a um paciente, mesmo em doses padrões) ainda é incipiente no Brasil no segmento oncológico, de acordo com a gerente. Isso ocorre devido ao alto número de fármacos usados nesse tipo de tratamento. Contudo, o Hospital Napoleão Laureano vem de notabilizando pelo controle efetivo de riscos relacionados o uso de medicamentos. As notificações de eventos adversos visam mapear problemas em produtos de saúde, não necessariamente apenas medicamentos. Entram nesse levantamento equipamentos, materiais médico-hospitalares, sangue e seus componentes e saneantes de uso...
Página 1 de 3123